"Espiritismo não é a religião do futuro, mas o futuro das religiões". ...Leon Denis

"O espiritismo é toda uma ciência, é toda uma filosofia.Quem desejar conhece-lo seriamente deve pois, como primeira condição,submeter-se a um estudo sério e persuadir-se que mais do que qualquer outra ciência, não se pode aprendê-lo brincando" Allan Kardec

"Se a religião recusa caminhar com a ciência, a ciência avança sozinha."... (Allan Kardec)

domingo, 20 de dezembro de 2009

O que é trombose?

 Estatísticas mundiais revelam que a trombose venosa profunda (formação de coágulo sanguíneo no interior das veias, mais frequentemente da perna ou da coxa) é responsável pela morte de cerca de um milhão de pessoas anualmente, nos Estados Unidos e na Europa. 

> Trata-se da terceira doença cardiovascular mais frequente no mundo depois dos problemas de coração e do derrame (AVC). 

> O professor Luiz Sérgio Marcelino Gomes, da PUC- Campinas e diretor cientifico da Sociedade Brasileira de Quadril, explica o que é, quando acontece e como prevenir a trombose. 

O QUE É TROMBOSE VENOSA PROFUNDA? 
Segundo o médico Luiz Sérgio Marcelino Gomes, a Trombose Venosa Profunda (TVP) ocorre quando se forma um coágulo sanguíneo no interior de veias profundas, mais frequentemente na perna ou na coxa do paciente, causando o entupimento desta veia. Na fase inicial ocorre um processo inflamatório nas regiões próximas que causa dor, inchaço, aumento da temperatura e endurecimento dos músculos próximos ao local da trombose. ``Um dos maiores desafios é o grande numero de TVP silenciosa ou assintomática que pode ocorrer em até 80% dos casos``. 

QUAIS AS CAUSAS DA TROMBOSE VENOSA? 
 Em condições normais a coagulação sanguínea é um processo de defesa do organismo contra um sangramento que pode ocorrer em consequência de doenças ou algum tipo de traumatismo, explica o médico. ``Além disso, existem algumas características próprias ou hábitos que podem aumentar as chances de desenvolver a trombose venosa, como menor velocidade de circulação pela veia (frequente em pessoas com varizes acentuadas); pessoas com lesões nas paredes das veias; pessoas com tendência a coagulação (estado chamado de hipercoagulabilidade - normalmente ocorre em pessoas com doença genética, usuários de drogas e grávidas). Outros fatores de risco são idade, obesidade e excesso de nicotina``. 

QUAIS AS CONSEQUÊNCIAS DA TROMBOSE VENOSA PROFUNDA? 

 O médico explica; ``A veia entupida não exerce mais a sua função de levar o sangue venoso de volta ao coração. Ainda que as veias vizinhas possam fazer este papel, elas ficam sobrecarregadas, se dilatam e podem ficar insuficientes. Esta situação, por si só, tem consequências importantes, pois pode originar a chamada síndrome pós-trombótica na qual acontece a presença inchaço, feridas e infecções crônicas no membro afetado, podem ser extremamente incapacitantes. Isto é muito importante, pois cerca de 30% dos pacientes com TVP desenvolvem síndrome pós-trombótica nos primeiros dois anos, período em que também quase 20% dos pacientes apresentam novo episodio de TVP. 

Outra grave consequência da trombose venosa é a embolia pulmonar, que ocorre quando o coágulo (ou trombo) se desprende das paredes das veias e é levado pela corrente sanguínea (fenômeno chamado embolia) até se alojar nos vasos do pulmão. A embolia pulmonar é uma circunstância potencialmente fatal, que leva à morte em até um terço dos pacientes quando não tratados adequadamente``. 

MUITO FREQUENTE? 

A incidência da TVP é de um caso para cada mil pessoas e a frequência de Embolia Pulmonar é de 60 a 70 casos para cada 100 mil habitantes. De acordo com estudos científicos, a TVP é responsável pela morte de 1 milhão de pessoas todos os anos, sendo cerca de 300 mil nos Estados Unidos e 544 mil na Europa. 

COMO É FEITO O DIAGNÓSTICO? 
``Por ser uma doença muitas vezes assintomática, a trombose venosa é considerada de difícil diagnóstico. Além da avaliação clínica e dos fatores de risco do paciente, o médico pode solicitar a realização de exames específicos como o doppler (que permite visualizar a circulação do sangue nas pernas) ou raramente a flebografia (raio-x das veias após a injeção de contraste)``. 

COMO PREVENIR A TROMBOSE VENOSA E A EMBOLIA PULMONAR? 
Como a TVP é uma doença silenciosa em 80% dos casos e a sua principal consequência, a embolia pulmonar é fatal para grande parte dos pacientes, a prevenção torna-se imprescindível. 

>A prevenção e o tratamento da trombose são amplamente estudados, mas o grande problema é que grande parte dos medicamentos disponíveis no mercado ou são injetáveis ou necessitam de monitoramento e ajuste constantes da dose, o que dificulta a adesão ao tratamento, explica o médico.

Um comentário:

João Edgar Faillace Farret disse...

Parabéns pelo post, muito esclarecedor!
Recomendo também a leitura da seguinte postagem sobre o que é trombose feita pelo médico Angiologista Abdo Farret Neto.
http://doctorfound.com/o-que-e-trombose/